Centro de Ensino Profissionalizante e Preparatório Ltda - C&E

    Centro de Ensino Profissionalizante e Preparatório Ltda - C&E
    ESPECIALIZAÇÃO EM JORNALISMO E CONVERGÊNCIA MIDIÁTICA - TURMA A - JOÃO PESSOA/PB

    terça-feira, agosto 15, 2017

    Política e Eventos Arara

    Efraim diz que posicionamento de Bolsonaro desloca DEM para o centro

    Efraim diz que posicionamento de Bolsonaro desloca DEM para o centro
     Alçado ao comando da Câmara com o deputado Rodrigo Maia (RJ), o DEM voltou a sonhar com a Presidência. Nos bastidores, o antigo PFL (também já foi Arena e PDS) prepara uma recauchutagem pragmática. O objetivo imediato é se tornar um dos maiores no Congresso, recebendo deputados insatisfeitos em suas legendas. O plano de fundo, porém, passa por suplantar o PSDB, aliado histórico, para eleger oito governadores e tentar alcançar, de forma inédita, o Palácio do Planalto.

    Há 28 anos o DEM não consegue nem apresentar um candidato ao Planalto - duas gerações de eleitores nunca puderam votar num político do partido para presidente. O último foi Aureliano Chaves, em 1989.

    A estratégia do DEM para receber insatisfeitos do PSB é "suavizar" seu ideário de direita, trabalho do qual participam os ex-ministros Gustavo Krause e Roberto Brandt, o economista Marcos Lisboa e o ex-prefeito do Rio Cesar Maia. O DEM quer ocupar o centro no espectro ideológico, tendo como exemplo o presidente francês, Emmanuel Mácron.

    "O posicionamento do Bolsonaro à extrema direita desloca o DEM para o centro. E o Lula, que já ocupou o centro no governo, voltou o pêndulo para a extrema esquerda, com apoio ao Maduro na Venezuela", diz o líder do partido na Câmara, Efraim Filho (PB)

    Na era petista, o DEM passou 13 anos no extremo da oposição e regrediu no perfil parlamentar. Se chegou a 105 deputados em 1998, elegeu apenas 21 em 2014. Passou por uma cisão liderada pelo ministro Gilberto Kassab (Ciência e Tecnologia) em 2011, que deu origem ao PSD, e chegou a arquitetar uma fusão fracassada com o PTB, em 2015.

    Hoje, tem 30 deputados e nenhum governador. Seu único integrante de relevância no Executivo é o prefeito de Salvador, ACM Neto. "A prioridade é desenvolver um projeto presidencial. Se não der tempo, estamos abertos a conversas com todo mundo, desde que haja convergência de visões", diz Neto.

    Maia tem sido o articulador da migração dos parlamentares. A meta é reunir entre 50 e 60 deputados. A maioria dos insatisfeitos vem de uma dissidência do PSB, como Danilo Forte (CE), Tereza Cristina (MS), Fabio Garcia (MT) e Heráclito Fortes (PI). Também há afinidade com nomes do PSDB, PSD e PMDB. "Os acordos regionais estão fechados e não há conflito ideológico nem programático", diz o presidente do DEM, senador Agripino Maia (RN).

    Um dos entraves do DEM é não ter um presidenciável com popularidade. A opção, hoje, seria "receber" nomes com afinidade, como o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, hoje no PSD, e o prefeito tucano João Doria. Semana passada, em Salvador, ACM Neto jantou com Doria, que depois confirmou o "interesse" do partido.


    Redação
    Fonte:PB Aagora

    sexta-feira, agosto 11, 2017

    Política e Eventos Arara

    Temer sanciona aumento de R$ 42 no salário mínimo

    O presidente da República, Michel Temer (PMDB), sancionou nesta quarta-feira, 9, a Lei de Diretrizes Orçamentárias do ano de 2018, que prevê o aumento de R$ 42 no salário mínimo no próximo ano, publicado no Diário Oficial da União.
    O aumento é de 4,37%, fazendo com que o salário mínimo nacional aumente de R$ 937 para R$ 979. O crescimento é pouco acima da inflação prevista pelo Banco Central para o ano de 2017, que é de 3,45%, conforme divulgado pelo órgão no relatório Focus, da última segunda-feira, 7.
    A LDO sancionada pelo presidente também aponta projeção para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do País neste ano em 2,5%.


    Fonte:Mais Patos com USP Notícias 
    Política e Eventos Arara

    Papa-Capim de Alagoas" se filia ao PSD e será candidato em 2018

    Assim como fez Anivaldo Luiz da Silva, mais conhecido como Lobão, em 2016, outro nome "pop"  das redes sociais quer ser candidato nas eleições de Alagoas, em 2018. 
    O pedreiro Cláudio dos Santos Nogueira ou Dinho Kapp, mais conhecido como o "Papa-Capim de Alagoas", se filiou nesta terça-feira, 08, ao Partido Social Democrático (PSD) alagoano.


    Política e Eventos Arara

    Veneziano e mais 5 deputados são suspensos do PMDB por desobediência partidária


    O presidente do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), senador Romero Jucá (RR), enviou ofício ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, no qual comunica a decisão de suspensão da atividade partidária em todos os níveis, e também de eventuais funções de direção partidária, por 60 dias, dos deputados federais Veneziano Vital do Rego (PB), Celso Pansera (RJ), Laura Carneiro (RJ), Sérgio Zveiter (RJ), Jarbas Vasconcelos (PE) e Vitor Valim (CE).
    No ofício, o senador esclarece que a Comissão da Executiva Nacional do PMDB decidiu, por unanimidade, em reunião no dia 12 de julho passado, aprovar proposta da bancada do partido na Câmara dos Deputados pelo fechamento de questão contra a denúncia por crime do Ministério Público Federal (MPF) contra o presidente da República, Michel Temer, e contra o parecer do deputado Sérgio Zveiter na questão, por falta de “fundamentação hábil e proporcionalidade”. 
    Romero Jucá lembra que, na mesma reunião, a Executiva Nacional decidiu liminarmente pela suspensão das atividades partidárias e também eventuais funções diretivas partidárias do parlamentar que não seguir a orientação do fechamento de questão, por 60 dias, contados do ato que configurar a desobediência.
    O presidente do PMDB ressaltou que o partido tem, como princípios básicos, a admissão de divergências entre seus membros e a existência de correntes de opinião, “desde que não ponham em risco a sua unidade, estrutura e sobrevivência”. Jucá ainda afirma que existe, no país, um sistema político pluripartidário, “não havendo qualquer obrigação para que determinado filiado permaneça nos quadros dos respectivos partidos políticos”.


    Fonte:Bananeiras Online com Assessoria
    Política e Eventos Arara

    Fies mantém limite de R$ 5 mil por mês para financiamento estudantil

    A redução no valor máximo do financiamento já tinha sido anunciada em fevereiro
    O governo decidiu manter o limite máximo de R$ 5 mil por mês por aluno, ou R$ 30 mil por semestre, para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). A portaria com os valores para o segundo semestre deste ano foi publicada hoje (10) no Diário Oficial da União (DOU).
    A redução no valor máximo do financiamento já tinha sido anunciada em fevereiro, e já foi aplicada no primeiro semestre deste ano. Para contratos formalizados até o ano passado, o teto do financiamento é de R$ 7 mil por mês ou R$ 42 mil por semestre. Cabe ao estudante arcar com a eventual diferença. Segundo o Ministério da Educação (MEC), a redução no teto do financiamento torna o programa mais sustentável.
    Para o segundo semestre deste ano, foram oferecidas 75 mil novas vagas para financiamento de mensalidades em universidades particulares, por meio do Fies. A partir de 2018, o programa irá garantir 310 mil vagas, das quais 100 mil a juro zero para estudantes com renda mensal familiar per capita de até três salários mínimos.

    Fonte:Agência Brasil
    Política e Eventos Arara

    Repatriação impediu deterioração maior do caixa dos municípios em 2016.


    Com dificuldades para fechar o caixa e com boa parte do Orçamento destinada a gastos obrigatórios, os municípios ficariam em situação ainda mais dramática não fosse o programa de regularização de ativos no exterior, também conhecido como repatriação. Segundo estudo da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), os R$ 8,9 bilhões que os municípios receberam com o programa impediram que 341 prefeituras entrassem em situação fiscal crítica, caracterizada pela insolvência iminente.

    De acordo com o levantamento, 1.292 prefeituras encerraram o ano passado nessa situação. Por receberem a maior parcela dos repasses do Fundo de Participação dos Municípios, as prefeituras das regiões Norte e Nordeste apresentaram maior dependência dos recursos da repatriação. No Amapá, o programa correspondeu a 4,7% das receitas dos municípios, seguido de Roraima (4,2%) .

    O coordenador de Estudos Econômicos da Firjan, Jonathas Costa, diz que a principal melhoria para os municípios ocorreu no fluxo de caixa, que analisa o dinheiro disponível para cobrir os restos a pagar (verbas de anos anteriores). “Não fosse a pressão dos municípios para receber a partilha da multa da repatriação, a situação seria pior. Como os recursos só foram repassados em 30 de dezembro, as prefeituras não tiveram tempo de empenhar [autorizar] restos a pagar, melhorando o indicador de liquidez”, explica.

    Restos a pagar

    No ano passado, 715 prefeitos concluíram o mandato sem dinheiro suficiente em caixa para cobrir os restos a pagar (verbas para o ano seguinte). Não fosse o dinheiro da repatriação, mais 328 gestores estariam nessa situação. Pela Lei de Responsabilidade Fiscal, os prefeitos só podem autorizar restos a pagar nos últimos oito meses de mandato, se comprovada disponibilidade para o sucessor cobrir as despesas.

    Os recursos da repatriação também impediram que 296 prefeituras fechassem o ano consumindo além do teto para pagar os servidores. Em 2016, 575 prefeitos terminaram o mandato gastando mais do que o permitido com o pagamento de pessoal. A Lei de Responsabilidade Fiscal autoriza as prefeituras a gastar até 60% da receita corrente líquida com o funcionalismo público.

    Para Costa, a repatriação representou apenas um alívio temporário no caixa dos municípios e aumenta o desafio para as prefeituras regularizarem as contas em 2017. “Para este ano, o panorama ainda é mais complicado porque os municípios não contarão com a mesma ajuda do ano passado.”

    Em 2016, a regularização de ativos no exterior arrecadou R$ 46,8 bilhões, dos quais R$ 8,9 bilhões ficaram com as prefeituras. A segunda versão do programa, cujo prazo de adesão acabou no fim de julho, arrecadou R$ 1,61 bilhão, dos quais apenas R$ 306 milhões serão distribuídos aos municípios.

    Critérios

    A classificação foi elaborada com base no Índice Firjan de Gestão Fiscal, que analisa as contas dos municípios com base em dados enviados pelas prefeituras ao Tesouro Nacional. O indicador leva em conta cinco critérios: capacidade de arrecadar sem depender dos repasses dos estados e da União, gastos com pessoal em relação ao Orçamento, suficiência de caixa, capacidade de fazer investimentos e endividamento. Foram avaliadas 4.544 prefeituras; 1.024 ou 18% dos municípios brasileiros ficaram de fora da análise ou porque não declararam o balanço anual no prazo legal (937) ou porque os dados apresentavam inconsistências que impediram a análise (87).

    O índice varia de 0 a 1. De acordo com o levantamento, são considerados em situação fiscal difícil os municípios com nota entre 0,4 e 0,6 e em situação crítica os com nota inferior a 0,4. Prefeituras com nota entre 0,6 e 0,8 têm a situação fiscal considerada boa. Notas acima de 0,8 recebem a classificação de excelente.



    Agência Brasil
    Política e Eventos Arara

    Fim de coligações em eleições proporcionais é aprovado em comissão da Câmara.


    A deputada Sheridan (PSDB-RR) apresentou hoje (10) seu parecer favorável à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 282/16, em forma de texto substitutivo, que propõe o fim das coligações partidárias nas eleições proporcionais, a partir de 2020. A proposta compõe o conjunto da reforma política que tramita no Congresso.

    A PEC veda as coligações nas eleições proporcionais, disciplina a autonomia dos partidos políticos e estabelece normas sobre fidelidade partidária e acesso dos partidos políticos aos recursos do fundo partidário.

    No parecer, Sheridan se posicionou de forma favorável à formação da chamada federação de partidos com o mesmo programa ideológico no lugar das coligações partidárias, que vigoram atualmente nas eleições proporcionais. O parecer apresentado pela deputada estabelece ainda que não há obrigatoriedade de vinculação entre as candidaturas em âmbito nacional, estadual, distrital ou municipal.

    Outro ponto que Sheridan incorporou na proposta foi a perda do mandato em caso de desfiliação partidária, inclusive para suplentes e detentores dos cargos de vice-presidente, vice-governador ou vice-prefeito. A deputada propõe que este ponto, se aprovado, já deve valer a partir do resultado das eleições do ano que vem.

    Cláusula de desempenho

    A deputada propõe ainda que a partir de 2030 somente os partidos que obtiverem no mínimo 3% dos votos válidos, distribuídos em pelo menos um terço dos estados, terão direito aos recursos do Fundo Partidário. Para terem acesso ao benefício, os partidos também deverão ter elegido pelo menos 18 deputados distribuídos em pelo menos um terço dos estados.

    O mesmo critério será adotado para definir o acesso dos partidos à propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão. A mudança, no entanto, será gradual, começando pelo piso de 1,5% dos votos válidos nas eleições de 2018, chegando a 2% em 2022, a 2,5% em 2026, até alcançar o índice permanente de 3% em 2030.

    Como foi feito um pedido vista, o relatório será discutido e votado na próxima semana.



    Agência Brasil 
    Política e Eventos Arara

    Trabalhadores receberão até o final de agosto parte do lucro do FGTS.


    Até o final de agosto, a Caixa Econômica Federal (Caixa) vai creditar R$ 7,8 bilhões nas contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de 88 milhões de trabalhadores, como distribuição dos resultados do fundo. Com isso, a rentabilidade das 245,7 milhões de contas chegará a 7,14%.

    Segundo dados divulgados em cerimônia no Palácio do Planalto, o lucro líquido do FGTS no ano passado foi de R$ 14,555 bilhões. Com a distribuição dos resultados do fundo, serão creditados, em média, R$ 29,62 em cada conta.

    “É a primeira vez que o lucro do fundo está sendo distribuído com os verdadeiros donos do dinheiro”, ressaltou o presidente Michel Temer.

    “São décadas que os trabalhadores lutam para ter a remuneração do seu FGTS no mesmo nível da inflação. Com essa mudança, o FGTS terá 7,1% [de remuneração] e a inflação do ano passado foi de 6%. Depois de décadas o FGTS terá uma correção acima da inflação”, disse o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira.

    É a primeira vez que os resultados do FGTS são repassados aos trabalhadores. A medida foi instituída pela medida provisória que liberou o saque do valor das contas inativas do FGTS.

    Pela regra, o percentual de distribuição de resultado do FGTS é de 50% do lucro líquido do exercício anterior. A lei estabelece que os valores creditados nas contas dos trabalhadores sejam proporcionais ao saldo da conta vinculada apurada no dia 31 de dezembro do ano anterior.

    O presidente da Caixa, Gilberto Occhi, informou que a distribuição dos resultados do FGTS ocorrerá anualmente, com os depósitos sendo efetuados sempre até o dia 31 de agosto. Occhi disse ainda que a remuneração não fará parte do cálculo de uma multa rescisória. “Essa medida foi pensada nos empregadores. Temos convicção que com essa medida o trabalhador e a sociedade saem ganhando com essa decisão”.  

    De acordo com a Caixa, com a distribuição dos resultados do equivalente a 1,93%, a rentabilidade das contas do FGTS, nesse ano, sairá de 5,11% ao mês (3% mais TR), para 7,14% ao mês.



    Agência Brasil 
    Política e Eventos Arara

    Ricardo participa da inauguração do Centro Administrativo do Poder Legislativo

    O governador Ricardo Coutinho participou, nesta quarta-feira (9), da solenidade de inauguração do Centro Administrativo do Poder Legislativo, localizado no Paraíba Palace, em João Pessoa. O local vai centralizar as atividades de seis anexos diferentes, gerar economia com a extinção de alugueis de prédios e proporcionar agilidade nas questões administrativas da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). Deputados estaduais, vereadores, representantes do Poder Judiciário, Tribunal de Contas do Estado, auxiliares do Governo e outras autoridades estiveram presentes na solenidade.

    Na ocasião, o governador Ricardo Coutinho visitou as novas dependências do local, parabenizou a Assembleia Legislativa pelo novo ambiente administrativo e enalteceu a homenagem feita pela Casa a Gervásio Bonavides Mariz Maia, pai do atual presidente da ALPB, Gervásio Maia.

    “É um prazer muito grande participar desse dia tão importante para a Assembleia Legislativa, para o patrimônio histórico e para a sociedade. Essa é uma demonstração de que as coisas na Paraíba estão avançando, não apenas no executivo. Quando vemos o legislativo melhorando seus serviços, revitalizando o parque histórico e reduzindo gastos que eram feitos com aluguéis, isso nos enche de alegria. Esse espaço aqui é extremamente importante e parabenizo o presidente da Assembleia por ter olhado por esta área e ter contribuído com a luta pela revitalização de um dos mais importantes sítios históricos do Brasil. Também parabenizo a Casa pela escolha do nome Gervásio Bonavides Mariz Maia para este Centro Administrativo, uma justa homenagem”, ressaltou Ricardo Coutinho.

    O presidente da Assembleia Legislativa, Gervásio Maia, destacou que o novo Centro Administrativo vai trazer mais comodidade para os funcionários e economia de cerca de meio milhão de reais por ano para o Poder Legislativo. “Estou muito feliz em ter a oportunidade de entregar essa ação a nossa cidade, no mês em que João Pessoa completa seus 432 anos. Esse prédio lindo estava fechado e trazer o Centro Administrativo para este local vai dar mais dinamismo para os trabalhos. Tínhamos seis endereços espalhados pela cidade e agora vamos concentrar todos estes anexos em um único ambiente, gerando uma economia de meio milhão anual. Aproveito para agradecer a homenagem feita ao meu querido pai por tudo que ele fez em sua trajetória na Assembleia”, destacou.

    O deputado estadual Ricardo Barbosa comentou sobre a importância do Paraíba Palace ter sido escolhido para ser o novo Centro Administrativo da Assembleia Legislativa. “Essa transferência para o Paraíba Palace representa, além da melhoria na qualidade da prestação de serviços à sociedade, também o fortalecimento do centro histórico. Isso vai impulsionar a economia nesta área e otimizar a interação e a resposta da ALPB aos cidadãos”, pontuou.

    A solenidade contou com a apresentação do coral da Assembleia Legislativa e dos alunos do Programa de Inclusão através da Música e das Artes (Prima). “Integrar os departamentos da Assembleia em um único espaço é otimizar o tempo das pessoas e facilitar a resolução dos problemas. O Paraíba Palace é uma marca na história do Estado e acho que Gervásio Maia foi muito feliz nesta decisão. Este ato será algo reconhecido no presente e no futuro da Casa”, disse o deputado estadual Jeová Campos.

    A deputada estadual Estela Bezerra ressaltou que a data é especial e ficará marcada na história da cidade. “Hoje é um dia de festa porque agora o poder legislativo terá uma sede adequada que ocupa um prédio de grande relevância do conjunto arquitetônico e para o patrimônio histórico da nação”, frisou.

    O presidente da Academia Paraibana de Letras, Damião Ramos, destacou que o Paraíba Palace faz parte da fisionomia e história da cidade de João Pessoa e por isso se faz tão significante a junção com a ALPB. “Os deputados devem estar próximos da sociedade e da nossa história. Fizemos comitivas a instituições culturais, conversamos com a presidência da ALPB e outros órgãos e hoje comemoramos a transformação do Hotel, que antes abrigava hóspedes, na casa do povo. Entregamos um documento representativo para que a nossa Assembleia Legislativa seja permanentemente nesta área”, disse.

    “O Paraíba Palace está completando 85 anos, a construção começou em 1928 e foi concluída em 1932. Ele se transformou ao longo dos tempos e foi referência na hotelaria no Nordeste. A salvação agora deste prédio pela Assembleia só merece aplausos, principalmente porque está preservando também a Praça dos Três Poderes. Seria um crime tirar o poder legislativo do local que foi a alma da cidade, que é a Praça João Pessoa. Confio que a preservação da nossa história está ocorrendo”, falou o historiador Wills Leal.



    Fonte:Agora PB com Secom
    Política e Eventos Arara

    Ricardo consegue liberação de R$ 15 milhões para obras do Canal Acauã-Araçagi

    O governador Ricardo Coutinho (PSB) se reuniu, na tarde desta quinta-feira (10), em Brasília, com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, para discutir pleitos relacionados à área de recursos hídricos. Na audiência, o chefe do Executivo Estadual conseguiu a garantia da liberação de R$ 15 milhões para continuidade das obras do Canal Acauã-Araçagi, e  apresentou um plano para a revitalização do Rio Paraíba e ainda discutiu sobre as adutoras emergenciais.
    Os secretários de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, João Azevêdo; e do Planejamento, Orçamento e Gestão, Waldson Souza; e o procurador geral do Estado, Gilberto Carneiro, também participaram da audiência.
    O secretário João Azevêdo considerou o encontro bastante proveitoso, dando seguimento ao trabalho que visa espalhar a segurança hídrica por todas as regiões do Estado. “Tivemos a oportunidade de acompanhar o governador na audiência com o ministro Helder Barbalho tratando de questões sobre as obras de recursos hídricos na Paraíba. Primeiro tratamos sobre a liberação de recursos para a conclusão de uma grande obra que é o Canal Acauã-Araçagi. Isso foi devidamente aceito e autorizado pelo ministro e, já na próxima semana, serão liberados cerca de R$ 15 milhões para darmos continuidade a este trabalho”, observou.
    A execução das obras do Canal Acauã-Araçagi está dividida em três lotes. O primeiro lote, com aproximadamente 48 km, está em fase de conclusão e já recebeu investimentos superiores a R$ 364 milhões de um total de R$ 417,6 milhões para esta fase. O canal terá uma extensão de 133 km e vai atender 12 municípios diretamente e 35 indiretamente, onde mais de 600 mil habitantes serão beneficiados. 
    Ao todo, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia (Seirhmact), em parceria com o Governo Federal, está investindo mais de 1 bilhão.
    Rio Paraíba - Na audiência, o governador Ricardo Coutinho e o secretário João Azevêdo também apresentaram um plano de revitalização do Rio Paraíba. “Precisamos de cerca de R$ 6,1 milhões para elaborarmos esse plano de revitalização do Rio Paraíba, um pleito importante para o Estado e que foi para análise dentro do Ministério da Integração”, adiantou.
    O secretário ainda comentou que, durante a reunião, foi discutida a questão das adutoras emergenciais. “A Paraíba tem 11 pleitos das adutoras emergenciais e nove que recebemos a incumbência de realizarmos, seis estão concluídas e três em fase de conclusão entre setembro e outubro deste ano. Tendo a questão ainda não resolvida de Piancó, São José de Piranhas e a grande adutora que sai de Coremos até São Bentinho e Pombal. Essas três, o governador reiterou o pedido para que fossem repassados recursos para o Estado porque temos a capacidade operacional e uma expertise muito grande na execução dessas obras que poderiam ser feitas de maneira mais rápida. O ministro ficou de resolver a questão financeira e logo o Estado será chamado para discutir como vai se proceder a execução destas obras”, explicou.
    Fonte : Click PB
    Política e Eventos Arara

    IFPB divulga 2ª chamada da lista de espera do Sisu 2017.2

    IFPB divulga 2ª chamada da lista de espera do Sisu 2017.2
    Documentação de convocados deve ser entregue de 15 a 17 de agosto no campus. Também teve novas confirmações de matrícula da 1ª chamada.

    A Pró-Reitoria de Ensino (PRE) do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) divulgou edital de convocação de segunda chamada da lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu 2017.2). São cerca de 270 vagas remanescentes. Acesse a listagem de convocação.

    Confira o Edital de convocação da pré-matrícula com todas as instruções.

    Todos os convocados devem providenciar a entrega da documentação entre 15 a 17 de agosto no respectivo campus. Antes disso, o convocado deve preencher os formulários eletrônicos nesse link do Portal do Estudante https://estudante.ifpb.edu.br/login/ É preciso utilizar o e-mail da inscrição do Sisu e imprimir o arquivo gerado para entregar junto com a documentação exigida.

    Cada campus tem seu horário de funcionamento e os dados de contato estão no Edital. É preciso observar a documentação específica a ser entregue, se o candidato se inscreveu por meio das cotas.

    A PRE também atualizou o edital de confirmação de matrícula da 1ª chamada da lista de espera do Sisu. Segundo a Coordenação de Editais da PRE, alguns candidatos que tinham comparecido e estavam na lista de espera conseguiram ingressar com o remanejamento de vagas ociosas. Acesse aqui o novo documento.

    O IFPB ofertou 1100 vagas no Sisu 2017.2 em nove campi. Todos os cursos são presenciais. Foram ofertadas vagas nos cursos de Engenharia da Computação, Ciências Biológicas, Química, Agroecologia, Automação Industrial, Construção de Edifícios, Design de Interiores, Geoprocessamento, Negócios Imobiliários, Redes de Computadores, Sistemas de Telecomunicações, Sistemas para Internet, Administração, Engenharia Elétrica, Matemática, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Engenharia Civil, Física, Telemática, Gestão Comercial, Segurança no Trabalho e Gestão Ambiental.



    Fonte:PB Agora Assessoria

    terça-feira, agosto 08, 2017

    Política e Eventos Arara

    Prefeitura de Arara prepara grande evento para a 130ª Festa da Padroeira 2017


    Arara está em contagem regressiva para o início da 130ª Festa da Padroeira Nossa Senhora da Piedade que promete entrar para a história da cidade. A montagem do evento, já vem sendo preparada há meses pelas equipes. A estrutura física da festa segue os padrões rígidos de qualidade para garantir conforto e segurança dos participantes.
    “Arara será beneficiada com um grande evento que trará muita alegria e diversão, em total segurança”, adianta o Prefeito Nen. A programação prevê a realização de grandes shows musicais entre os dias 04 e 07 de Setembro, encerrando com a missa e show religioso no dia 8.
    “Grandes realizações são possíveis quando se dá atenção, quando se trabalha com respeito à população e amor pela cidade. A prefeitura sabe a importância desse momento, nele a população se confraterniza”, finaliza o Prefeito Nen.
    Veja Programação Oficial da Festa de Nossa Senhora da Piedade 2017
    Dia 05/09
    Márcia Felipe
    Walkiria Santos
    As Morenas
    Dia 06/09
    Alcymar Monteiro
    Forró Karkará
    Aduílio Mendes
    Dia 07/09
    Peruano & Cavaleiros do Forró
    Sirano & Sirino
    Forró Maliciar
    Trio Elétrico às 13 horas – Nagibe e João Lima
    Dia 08/09
    Comunidade Católica Colo de Deus




    Fonte: Assessoria de Comunicação | Prefeitura de Arara
    (83) 3369-1037 | comunicacao@arara.pb.gov.br
    Web: www.arara.pb.gov.br.
    Política e Eventos Arara

    Pedro reforça ‘Movimento Mário Covas’ dentro do PSDB com o objetivo de ‘refundar’ partido

    Integrante da ala jovem do PSDB, o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB) é um dos entusiastas do “Movimento Mário Covas”, que começa a se estruturar dentro do PSDB. Além de resgatar os ideais da época de fundação do partido, o movimento propõe uma agenda para o Brasil, incluindo a principal bandeira do paraibano: redução do custo da máquina pública.

    Segundo Pedro, o movimento está no início, mas já mobiliza tucanos de todas as idades. “Há um sentimento em comum, não só da ala jovem, mas de deputados que entendem que existe uma pauta, uma agenda de país, que está sendo esquecida e que tem que ser prioritária. Da minha parte, estou pontuando muito a reforma do custo da máquina pública e esta será uma das causas do movimento, que pretende discutir os temas que interessam a população e não ficar preso dentro de uma crise política”, disse o parlamentar.
    Na prática, os tucanos querem movimentar os projetos que estão parados, sufocados especialmente pela crise política. “Vamos fazer uma seleção de projetos que estão em tramitação só que estão adormecidos porque só se fala em crise política. Queremos fazer esses projetos andarem, dentro do que a gente considera um conceito do que o nosso país precisa”, explicou.
    Para Pedro, a ‘refundação’ do PSDB – como de qualquer partido – depende mais de atitudes novas do que de caras novas. “Existe uma carência não de pessoas novas, com idade nova, mas uma atitude nova. Se for alguém com longa experiência, mas que traz uma atitude que condiz com o que a população quer é o que interessa. Qualquer partido tem a chance de se refundar, se oxigenar, desde que encare e tenha a coragem, atitude, de fazer o que se pode, uma mudança comportamental e de defesa de projetos de país”, disse.
    Entre as matérias que deverão ser estimuladas dentro da Câmara Federal está a PEC 252/2016, que propõe um teto para os orçamentos da Câmara de Deputados e Assembleias Legislativas. “Essa matéria já foi aprovada no Senado, portanto, tem meio caminho andado. Fiz um requerimento ao presidente da Câmara para criar uma comissão especial e ela já foi criada. Falta apenas que alguns partidos indiquem os membros que vão participar”, informou.

    Fonte:Blog do Gordinho
    Política e Eventos Arara

    Educa Mais Brasil: garanta a sua bolsa de estudo para este segundo semestre


    Estar qualificado tornou-se o maior desejo de muitos brasileiros. Isso porquê uma boa formação educacional, além de destacar o currículo e valorizar o profissional, ajuda a obter uma dose extra de conhecimentos. Porém, planejar a capacitação na área almejada parece ser uma realidade distante quando o investimento não cabe no orçamento.
    Se você se encaixa nesse perfil, não se preocupe. O Educa Mais Brasil te dá a oportunidade para alcançar o seu objetivo profissional por meio de bolsas de estudo com até 70% de desconto. Este programa de inclusão educacional já ajudou mais de 450 mil alunos durante os seus 14 anos de atuação em todo o país.
    O ingresso a uma educação de qualidade vai além de atingir o sucesso profissional, como pontua a Diretora de Expansão e Relacionamento do Educa Mais Brasil, Andréia Torres: “o Educa Mais Brasil oferece o ponto de partida para que uma pessoa possa alcançar um propósito de vida, ajuda também a evoluir cada vez mais os conhecimentos e escrever uma história”.
    Neste semestre de 2017.2, o programa dispõe de 250 mil bolsas de estudo, conta com a adesão de mais de 18 mil instituições parceiras e inscreve estudantes de todas as regiões do país. No estado da Paraíba são oferecidas mais de 7.460 mil bolsas de estudo nas modalidades presencial e EAD. Em João Pessoa, as oportunidades são para Graduação, Pós-Graduação, Educação Básica, Cursos Técnicos, Idiomas, Preparatório para Concursos, Cursos Profissionalizantes e Pré-Vestibular/Enem.
    O Educa Mais Brasil também atende a população das cidades vizinhas, sendo possível verificá-las no site. Para ser contemplado é preciso não ter condições de pagar o valor integral da mensalidade, realizar a inscrição por meio do site: www.educamaisbrasil.com.br e ficar atento ao regulamento do Programa.
    Mais informações podem ser obtidas na central de atendimento pelos telefones 4007-2020 para Capitais e Regiões Metropolitanas ou 0800 724 7202 para demais localidadeS.

    Fonte:Focando a Notícia com Assessoria
    Política e Eventos Arara

    Tião Gomes e prefeito de Cacimba de Dentro requerem água de Canafístula II para a cidade

    O deputado estadual Tião Gomes (PSL) e o prefeito de Cacimba de Dentro, Nelinho, se reuniram com o presidente da Cagepa, Hélio Cunha Lima, para requerer que a cidade seja novamente abastecida com a água da barragem de Canafístula II, que atualmente abastece Bananeiras e Solânea é que, atualmente, se encontra com menos de 20% de sua capacidade total.
    O prefeito Nelinho acredita que o acúmulo de água já registrado no reservatório possibilita esse abastecimento. “Encaminhei o pleito de abastecimento de água de nossa cidade através da Barragem de Canafístula II, tendo em vista que com as chuvas o volume de água que alcançou possibilita que nossa cidade volte a ser abastecida”, argumentou o gestor em sua rede social.
    Nelinho contou que tem lutado persistentemente, com a ajuda de Tião Gomes, para amenizar a falta de água no município. “Essa semana estive na luta em João Pessoa para conseguir amenizar o sofrimento do nosso povo por água. Entreguei ofício para o presidente da Cagepa e, além do documento, me empenhei em ir pessoalmente dialogar com o presidente para que se solucione essa questão. Ainda melhor que abastecimento por carros-pipa e em caixas de água, é água nas torneiras”, falou o prefeito.
    Segundo ele, o presidente da Cagepa garantiu que vai iniciar estudos para verificar a possibilidade da liberação do abastecimento pela barragem em questão. “Já recebi a garantia do presidente da Cagepa de que a partir de segunda-feira começarão os estudos de viabilidade, com a verificação da tubulação que liga a nossa cidade à barragem para se verificar as condições dos canos e, em sequência, a água será liberada para as torneiras dos Cacimbasses. É o que esperamos para que nosso povo não sofra, pois quando Deus manda é para todos, sem diferenciações”, concluiu.

    Focando a Notícia
    Política e Eventos Arara

    Ricardo prorroga prazo de adesão ao Refis do IPVA até 31 de agosto

    boletoipvaO governador Ricardo Coutinho assinou a Medida Provisória 263, publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), prorrogando o prazo final do Programa de Recuperação Fiscal do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (Refis/IPVA). Agora, os contribuintes em atraso têm até 31 de agosto para aderir aos Refis do IPVA.
    As regras do Refis continuam as mesmas. O contribuinte paraibano com IPVA atrasado de anos anteriores até dezembro de 2016 poderá renegociar suas dívidas em todas as repartições fiscais do Estado. O interessado poderá procurar as Recebedorias de Renda das cidades de João Pessoa, Campina Grande, Guarabira, Patos e Sousa e as 19 coletorias espalhadas por todas as regiões do Estado.
    QUATRO OPÇÕES DE PAGAMENTO – Poderão aderir ao Refis os débitos do IPVA não pagos de exercícios vencidos de anos anteriores até 31 de dezembro de 2016. Os contribuintes terão quatro opções para renegociação. A primeira delas garante 100% de desconto das multas de mora e de ofício e de 80% dos juros de mora (Selic), quando os pagamentos dos débitos forem à vista. Se o pagamento for parcelado até em seis vezes mensais e sucessivos, o desconto será de 80% das multas de mora e de ofício, além de 60% dos juros de mora (Selic).
    Os contribuintes têm ainda mais duas opções de parcelamento para renegociar o pagamento do IPVA de anos anteriores. A terceira é o desconto de 60% das multas de mora e de ofício e de outros 40% dos juros de mora para quem dividir em até doze parcelas mensais e sucessivas o tributo atrasado. Já para quem optar em até 18 parcelas, o desconto será de 40% das multas de mora e de ofício e de 20% dos juros de mora.
    Nas três opções de parcelamento do Refis, o menor valor de cada parcela mensal não pode ser inferior a R$ 50,00 por veículo automotor. A Lei prevê que poderão ser incluídos no Refis os débitos relacionados a fatos geradores do IPVA, de pessoas físicas ou jurídicas, constituídos ou não, com exigibilidade suspensa ou não, ou que tenham sido objeto de parcelamento anterior, não integralmente quitado ou cancelado por falta de pagamento.

    Click PB

    VS PAPELARIA

    VS PAPELARIA