quarta-feira, abril 25, 2018

    IFPB prorroga inscrições para professor do Mediotec


    A Diretoria de Educação a Distância e Programas Especiais do Instituto Federal da Paraíba (IFPB) prorrogou as inscrições para a seleção de Professor Mediador Presencial do Programa Mediotec EaD da Rede e-Tec Brasil. O edital retificado com a nova data traz um acréscimo de formações que passam a ser aceitas para o encargo. O Mediotec faz parte do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e o profissional é contratado na condição de bolsista.
    São oito vagas distribuídas entre os polos de Campina Grande, Cabedelo, Soledade, Pedras de Fogo e Guarabira. A oportunidade é no curso de Redes de Computadores. Profissionais externos ao IFPB podem participar da seleção.
    Entre as novas formações aceitas, estão graduados em Telemática, Sistemas de Informação e de Sistemas de Internet.
    O docente terá desempenho em aula presencial e na plataforma EAD. A inscrição é gratuita e online com o envio de documentos e preenchimento de formulário eletrônico. O interessado agora tem até o dia 30 de abril para se inscrever.
    A seleção será feita por análise curricular com base na documentação enviada. A remuneração é de R$ 12,50 por hora-trabalho. A carga horária da função, perfil de formação e demais descrições do cargo e da seleção estão no edital que também contêm anexos.
    Acesse aqui o Edital retificado: https://www.ifpb.edu.br/ead/assuntos/selecao/edital012018 Nesse endereço, está também o link das inscrições online.
    Com as alterações, o cronograma previsto mudou. O resultado preliminar deve ser publicado em 21 de maio.
    Os cursos do Mediotec são ofertados em parceria com a Secretaria de Educação do Estado da Paraíba, por meio do Paraibatec. Os recursos para o pagamento das bolsas são provenientes da Setec/MEC.
    Além dos polos mencionados, o MedioTec no IFPB tem cursos nos polos de Catolé do Rocha e João Pessoa. São ofertados também os cursos de Informática Guia de Turismo e Informática para Internet.

    Enem 2018: resultado do pedido de isenção da taxa de inscrição é divulgado.


    Mesmo os contemplados precisam se inscrever para o exame entre os dias 7 e 18 de maio.

    O resultado dos pedidos de isenção da taxa da edição deste ano do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2018) foi divulgado na manhã desta segunda-feira (23). Para verificar se teve a solicitação deferida ou não, o candidato precisa acessar a Página do Participante e logar no sistema do Enem com CPF e senha.

    Os candidatos que tiverem o pedido negado terão entre esta segunda e o próximo domingo (29) para apresentar novos documentos e garantir o direito.

    Esse é o primeiro ano em que os candidatos com direito à isenção precisam garantir o benefício antes do período de inscrições. Segundo o Inep, 3.818.663 enviaram o pedido de isenção da taxa de inscrição, que é de R$ 82, dentro do prazo, entre 2 e 15 de abril.

    As inscrições do Enem para todos os candidatos, inclusive quem pediu isenção, e independentemente de ter o pedido aceito ou não, precisarão fazer a inscrição no Enem 2018 entre os dias 7 e 18 de maio.

    Quem tem direito à isenção?

    Estão isentos aqueles que:

    Estão cursando a última série do Ensino Médio, em 2018, em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar;

    Fizeram todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsistas integrais na rede privada, e têm renda, por pessoa, igual ou menor que um salário mínimo e meio (R$ 1.431);

    Estão em situação de vulnerabilidade socioeconômica por serem integrantes de família de baixa renda e que possuam Número de Identificação Social (NIS), único e válido, e renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 477) ou renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 2.862);

    Fizeram o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2017 e atingiram nota mínima para certificação.

    Calendário do Enem 2018

    Veja as próximas datas da realização do exame:

    23 a 29 de abril: intervalo para apresentar novos documentos, caso o pedido de isenção seja negado

    7 a 18 de maio: inscrições do Enem (para todos os candidatos, isentos ou não)

    4 e 11 de novembro: provas do Enem 2018


    G1

    ‘Japonês da Federal’ é novo presidente do PEN

    Famoso por escoltar presos ilustres da operação Lava Jato, o agente da Polícia Federal Newton Ishii, popularmente apelidado de “japonês da Federal”, assumirá a presidência do PEN-Patriota no Paraná. A informação foi confirmada pelo presidente nacional da legenda, Adilson Barroso. “Ele deve assumir o cargo ainda nesta semana, depois que trâmites burocráticos forem cumpridos”, diz Barroso.

    Ishii substituirá na função o ex-deputado federal Wilson Picler, que trocou o PEN-Patriotas pelo PSL de Jair Bolsonaro.

    Aposentado da PF desde fevereiro, o agente filiou-se ao PEN-Patriota em Curitiba no dia 4 deste mês. De acordo com Barroso, Ishii deve ser lançado candidato pelo partido, mas ainda não se sabe a que cargo. “Vamos decidir isso em junho, depois que avançar a defesa jurídica dele”, afirmou Barroso, referindo-se à condenação de Ishii por corrupção e descaminho, ao facilitar a entrada no Brasil de produtos contrabandeados do Paraguai. O agente chegou a ser preso em 2016.

    De acordo com a coluna Radar, Ishii poderia ter pedido a aposentadoria desde julho de 2017, mas permaneceu no cargo a pedido do empresário Marcelo Odebrecht. O empreiteiro não queria ficar um dia na prisão sem o agente, que o tratava muito bem. Ishii deixou o trabalho no mesmo dia em que Odebrecht foi para casa.
    Veja 

    Alexandre Pato paga seis meses de tratamento de câncer de Nara Almeida

    Alexandre Pato se solidarizou com a história da influencer Nara Almeida, que usou o seu Instagram recentemente para pedir emprego para poder pagar uma imunotearpia para o seu tratamento contra um câncer raro no estômago. O jogador de futebol do time chinês Tianjin Quanjian se comprometeu a pagar seis meses de tratamento da influencer. Cada dose do medicamento, que deve ser tomado a cada 21 dias, custa 18 mil reais.
    “Hoje começa uma nova fase na minha luta contra o câncer. Finalmente vou tomar a primeira dose de imunoterapia!! Depois de muitos exames e muita preparação meus médicos encontraram um medicamento que vai me fazer realmente bem e tenho a chance de salvar minha vida. Como muitos já sabem o remédio custa muito caro e depois de muita insistência infelizmente não obtivemos resposta do governo e não posso esperar, então fui pra luta. Estamos nos esforçando ao máximo para conseguir juntar dinheiro suficiente pra pagar os exames e a dose do medicamento. Mas Deus como sempre coloca anjos na minha vida e dessa vez colocou o @pato ele se dispôs a pagar 6 meses de tratamento (Oh Glória) e a clínica que fez a doação de três doses do medicamento. Só Deus sabe a emoção que foi quando tive a confirmação de que eles iriam de verdade ajudar a salvar minha vida, SÓ GRATIDÃO!!”, disse ela.
    Nara tem esperança de que o tratamento a ajude a sair do hospital, onde se encontra internada na UTI há um mês. Ela diz que ainda continuará vendendo camisetas para ajudar a pagar o tratamento.
    “Agora vamos torcer para esse medicamento fazer um efeito maravilhoso e eu me livrar dessa doença e acabar com esse sofrimento. Já faz um mês que estou na UTI e ficarei o tempo que precisar se for pro meu bem. Vamos continuar vendendo camisetas e aceitando doações de quem quer ajudar pois infelizmente temos custos com exames e outras milhares de coisa que o plano não cobre! Mas não estamos fazendo nenhuma vaquinha e nem divulgando contas bancárias. Enfim estou muito confiante, cheia de esperanças e gratidão a Deus e a todos que me apoiam e acreditam na minha recuperação. Por mais difícil que pareça o problema, com Deus sempre haverá uma solução, eu entreguei minha vida e meus planos nas mãos de Deus e sei que ele tem o melhor pra mim, só peço sabedoria e paciência pra aguentar os dias difíceis, mas creio que no final tudo irá dar certo e vou sair disso muito fortalecida e pronta pra ajudar outras pessoas. OBRIGADA Deus, universo, família, equipe médica, @pato e a vocês”, continuou ela.
    Nara Almeida compartilha antes e depois da doença
    A modelo, que divide seu tratamento desde agosto do ano passado com os seus quase 3 milhões de seguidores do Instagram, recentemente postou um antes e depois de seu corpo, mostrando as tranformações que ele passou após o tratamento. Na legenda da imagem, Nara falou que assim como seu físico, sua forma de encarar a vida mudou.
    “Com o tempo a gente aprende que tudo isso que achamos importante como status, roupas, festas, dinheiro é passageiro e passamos a enxergar o quanto nossa saúde é valiosa, nossa família, amigos, momentos. Só quem tem, só quem já lutou, só quem já perdeu, ou tem parentes com o câncer sabe o sofrimento e a luta de cada dia pra nós, cada batalha vencida é uma grande lição”, escreveu ela em trecho do desabafo.
    Influencer Nara Almeida conta como descobriu o câncer
    Em entrevista para a Veja, Nara relembrou como foi a descoberta do câncer. Na época, ela tinha 400 mil seguidores no Instagram, que curtiam seus posts patrocinados, com looks do dia, fotos de viagens e de idas à academia de ginástica. Segundo a publicação, ela faturava 20 mil reais por mês com trabalhos como campanhas para confecções. “Eu estava cheia de planos e fiquei arrasada pensando se conseguiria realizá-los”, contou.
    Em agosto de 2017, horas depois de receber o diagnóstico da doença no Hospital das Clínicas, Nara fez o seu primeiro post. “Nunca vou esquecer a sensação e a energia que senti na hora. A única coisa que conseguia fazer era chorar”, disse ela, que logo foi ganhando apoio de famosos como estrela teen Larissa Manoela, a cantora Luiza Sonzae o cabeleireiro Marco Antonio de Biaggi, que também lutou contra um câncer.

    Fonte:Quem

    FIES não poderá impor teto para curso na PB

    A Justiça Federal na Paraíba (JFPB), a partir de ação movida pela União Nacional dos Estudantes (UNE), concedeu liminar proibindo o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) de aplicar o valor R$ 42.983,70 como limite máximo de financiamento para realização de aditamentos de renovação semestral a 105 alunos do curso de medicina do Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ), no âmbito do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES).
    Com o “teto” previsto a partir da mudança na Resolução FNDE/CG-FIES nº. 15/2018, os estudantes – que haviam firmado contrato antes da edição da norma – seriam obrigados a arcar com parte dos consideráveis valores da mensalidade do curso de medicina daquela universidade.
    Ainda na sua decisão, o juiz federal João Pereira de Andrade Filho, da 1ª Vara Federal, proibiu o UNIPÊ de realizar, até o julgamento final do processo, cobrança de qualquer diferença de mensalidade em razão desse teto. “Os estudantes representados pela associação poderiam sofrer cobranças indevidas e até mesmo ficarem afastados das atividades acadêmicas se não fosse suspensa a aplicação da norma impugnada aos seus contratos de financiamento estudantil”, afirmou o magistrado.
    A liminar foi fundamentada na inconstitucionalidade da aplicação, aos contratos de financiamento estudantil anteriores à referida Resolução, do valor “teto” de financiamento para realização de aditamentos de renovação, por ofensa ao ato jurídico perfeito. Para o juiz federal, “não pode o estudante ser cobrado pela diferença entre esse teto e o custo efetivo do curso no qual está matriculado, reclamado pela instituição de ensino superior”.
    De acordo com a decisão, mesmo sendo gradual a liberação dos valores financiados, dependente de aditamentos, estes não têm a finalidade de modificar o acordo principal, mas sim de assegurar seu cumprimento nas condições já estabelecidas, como a permanência do estudante na universidade e seu aproveitamento acadêmico mínimo em conformidade com as leis vigentes na celebração inicial do contrato.

    Fonte:MaisPB

    Pedro nega recuo ao governo e diz que candidato do PSDB agora é Lucélio

    Pedro nega recuo ao governo e diz que candidato do PSDB agora é Lucélio
    Candidato à reeleição, o deputado federal  Pedro Cunha Lima  negou ter recuado  e disse que o candidato do PSDB ao governo do Estado sempre foi o prefeito de Campina Grande, que desistiu de deixar a prefeitura para pleitear o governo do estado em outubro.
    – Não houve recuo de minha parte. O pré- candidato do PSDB sempre foi o prefeito Romero Rodrigues. A gente tem um trabalho de diálogo para formar uma equipe e estou aqui para contribuir – afirmou o deputado defendendo a união das oposições.
    O deputado garantiu que não ensaiou a candidatura tendo, junto com seu partido, lançado apoio a Lucélio Cartaxo, PV, hoje pré-candidato.

    Fonte:PB Agora Redação

    Calendário de pagamento do governo do estado mês de abril

    O governador Ricardo Coutinho anunciou, nesta segunda-feira (24), que o pagamento dos servidores estaduais começa a ser efetuado nesta quinta-feira (27), quando recebem aposentados e pensionistas.

    A folha de abril injetará R$ 335 milhões na economia paraibana, aquecendo setores como serviços e comércio.
    Já na sexta-feira (28), será a vez dos servidores da ativa, tanto administração direta quanto indireta. O anúncio foi feito durante o programa semanal Fala Governador, transmitido em rede estadual pela rádio Tabajara.
    Mesmo ante um cenário econômico ainda difícil, especialmente para a Paraíba, o governador Ricardo Coutinho reforça o compromisso de pagar aos servidores dentro do mês trabalhado. Confira o calendário de pagamento abaixo:
    27/04 – Aposentados e pensionistas
    28/04 – Servidores da ativa (administração direta e indireta)
    SecomPB

    87% dos pedidos de isenção da taxa de inscrição do Enem são aprovados

    O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) aprovou 3.318.149 pedidos de isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018, o que representa 87% do total de solicitações.
    As mais de 500 mil pessoas que tiveram a solicitação de isenção reprovada poderão apresentar recursos até o próximo domingo (29).
    A maioria dos pedidos de isenção aprovados foi para estudantes que cursaram todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada e tem renda familiar menor do que um salário mínimo e meio por pessoa. Esse grupo somou mais de 2 milhões de pedidos aprovados.
    Os candidatos cursando a última série do ensino médio em escola da rede pública somaram 956 mil isenções e candidatos em situação de vulnerabilidade econômica representaram 269 mil aprovações de isenção.
    Outros 3,2 mil conseguiram isenção por terem feito o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) no ano passado.
    Para ver o resultado do pedido de isenção e entrar com recurso é preciso acessar a página do participante e informar o CPF e a senha cadastrada.
    O resultado do recurso será divulgado em 5 de maio. Quem teve a isenção aprovada já está liberado do pagamento da taxa, mas deve fazer a inscrição normalmente entre 7 e 18 de maio.
    Justificativa de ausência
    A partir desta edição, os candidatos que tiveram a isenção no ano passado e não compareceram aos dois dias de prova precisam justificar a ausência para conseguir a gratuidade novamente. Das 208.588 pessoas que acessaram o sistema para justificar ausência no Enem 2017, apenas 8.486 apresentaram alguma documentação.
    As demais 200.102 pessoas afirmaram não ter documentos comprobatórios. Das 8.486 justificativas com documentos, 4.141 foram reprovadas pelo Inep.
    Agência Brasil

    Programação do Circuito Junino do Brejo é lançada nesta sexta-feira em Bananeiras

    O som da sanfona que sempre foi motivo de alegria do povo nordestino uniu seis municípios do brejo paraibano, para garantir a melhor experiência junina de todos os tempos. Serraria, Bananeiras, Borborema, Solânea, Caiçara e Belém formam o Circuito Junino do Brejo.
    Juntas, lançam suas programações nesta sexta-feira (27), às 9h no Espaço Cultural Oscar de Castro em Bananeiras. Alegria, tradição e o aconchego de uma região que espera para viver o melhor do Nordeste.
    O Forró começa de 15 a 17 de junho em Serraria, passa pelo melhor pé de serra de 21 a 23 de junho em Bananeiras e de 22 a 24 de junho, Solânea espera com muita gente bonita e arrasta pé.
    O São João Vespertino de 22 a 24 de junho em Borborema esquenta as tardes frias, enquanto o São Pedro vem com sua tradição dias 29 e 30 de junho em Caiçara. A despedida do Circuito fica por conta de Belém, de 05 a 07 de julho com o melhor São Pedro da Paraíba.
    Ascom

    Eleições 2014: TSE nega cassação de Ricardo e Lígia

    O Tribunal Superior Eleitoral negou, na noite desta terça-feira (24), ao pedido de cassação do governador Ricardo Coutinho (PSB) e da vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) acusados pela Coligação “A Vontade do Povo” de abuso de poder econômico durante as eleições de 2014, quando o socialista concorreu à reeleição.
    A acusação argumenta que Ricardo usou políticas de isenções fiscais, créditos de reemissão tributária e o programa Gol de Placa para favorecer sua campanha.
    O relator do processo, ministro Napoleão Nunes, apresentou o voto contrário à cassação de Coutinho. Durante a argumentação, o ministro informou que não encontrou ato criminoso para afastar Ricardo do cargo. “Não vejo razão alguma para identificar nas medidas provisórias a nota de gratuidade ou alteração maliciosa no equilíbrio do pleito. Vejo as medidas do governador Ricardo como benéficas”, argumentou.
    O ministro Jorge Mussi informou que não encontrou ato de promoção pessoal por Ricardo durante o pleito e seguiu o relator. Os ministros Admar Gonzaga, Tarcísio Vieira de Carvalho, Luís Roberto Barroso e o presidente da Corte, ministro Luiz Fux, também votaram por não proceder o recurso da acusação.
    A ministra Rosa Weber votou pelo procedimento parcial da ação, especificamente reemissão de créditos tributários.
    Wallison Bezerra – MaisPB

    Maranhão garante que não desistirá e que pré-candidatura está sólida

    Após saltar na frente do bloco oposicionista e se lançar pré-candidato ao Governo do Estado, o senador José Maranhão (MDB) garante que não desistirá de sua pré-candidatura.
    José Maranhão enfrentou resistência inclusive dentro seu próprio partido, quando o vice-prefeito de João Pessoa e presidente do diretório municipal, Manoel Júnior (hoje no PSC) foi contra o MDB lançar candidatura própria. Para Manoel, Maranhão deveria aliar-se à oposição e apoiar um único candidato..
    Mas o senador insistiu e tem mantido sua pré-candidatura. Maranhão garante que vai concorrer mais uma vez ao Governo da Paraíba e ressaltou na tarde desta terça-feira que tem recebido inúmeros apoios.
    – Desistir não está e nunca esteve em meu DNA. Minha candidatura está mais sólida e forte do que nunca”, disparou o pré-candidato. (…) A chapa de oposição com MDB e seus aliados cresce a toda hora.

    PB Agora

    Aprovado projeto que destina 30% das multas de trânsito para o SUS

    O Plenário aprovou nesta terça-feira (24) proposta que destina 30% da arrecadação com multas de trânsito para o Sistema Único de Saúde (SUS). O Projeto de Lei do Senado (PLS) 426/2012, do senador Eduardo Amorim (PSDB-SE), segue para análise da Câmara dos Deputados.
    O texto foi aprovado na forma de parecer da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), onde foi relatado pela senadora Marta Suplicy (PMDB-SP). Ela fez duas mudanças importantes. Uma estabelece que as verbas geradas pelas multas não serão levadas em conta para atender à exigência constitucional de aplicação de um percentual mínimo de recursos na saúde. Assim, essa transferência deverá representar um acréscimo aos investimentos obrigatórios na saúde pública a cargo da União, dos estados, Distrito Federal e municípios.
    A outra mudança derrubou emenda ao PLS aprovada pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS), que destinava os 30% da arrecadação com multas de trânsito para o Fundo Nacional de Saúde (FNS). Com isso, ficou preservado dispositivo da Lei do SUS (Lei 8.080/1990) que determina o crédito direto das receitas geradas no âmbito do sistema em contas especiais, movimentadas pela sua direção, dentro da esfera de poder onde foram arrecadadas.
    Prioridades
    Marta explicou que dessa forma evitou-se a concentração de recursos. Ela salientou que a centralização desses recursos no âmbito do Fundo Nacional de Saúde contradiz a regra prevista na Lei 8.080/1990, segundo a qual a descentralização é estabelecida como uma das diretrizes para a atuação dos entes federados na prestação dos serviços e na promoção das ações de saúde.
    — Nós entendemos que os recursos devem ser utilizados de acordo com as prioridades de cada ente federativo. Esse é um projeto muito importante para a pauta municipalista. Isso porque, de acordo com os dados do Departamento de Informática, atualmente existem 10.188 estabelecimentos de saúde que ofertam serviços de urgência, dos quais 69,7% estão sob a gestão municipal. Isso significa dizer que a maioria desses serviços está sob a responsabilidade dos municípios, que são os que enfrentam grandes dificuldades financeiras para custeá-los — explicou a senadora.
    O senador Humberto Costa (PT-PE) disse que votaria a favor do projeto, mesmo sendo contrário a ele.
    — Nós temos que garantir que haja mais recurso do governo federal porque hoje, proporcionalmente, quem está investindo menos é o governo federal. Então, nós teríamos que ter a garantia de recurso federal novo para o financiamento da saúde. Mas é como se nós estivéssemos cobrindo um santo e descobrindo outro. O que nós precisamos são de fontes estáveis e não de puxadinhos — argumentou.
    O autor da proposta, Eduardo Amorim, argumentou que, quando não há a compreensão do que se deve destinar para a saúde, é melhor ir convencendo “de puxadinho em puxadinho” do que ficar sem o recurso.
    — Sabemos que o recurso da multa de trânsito que deveria ser destinado para educação, para prevenção, cai numa vala comum e pouco vai para educação. Há cidades e estados Brasil afora que arrecadam milhões e milhões com esses recursos da multa de trânsito e não vai uma gota sequer para o sistema de saúde. É mais do que justo realmente que um projeto como este seja aprovado. É um recurso extra para o nosso combalido SUS — defendeu.

    Portal da Câmara

    ‘Mapa’ dos partidos revela força dos pré-candidatos ao Governo

    Após o fim do prazo para filiação dos pretensos candidatos, em 7 de abril, alguns partidos já começam a se movimentar e mexer o tabuleiro político do estado. Até o momento, quatro pré-candidatos já colocaram seus nomes para a disputa: João Azevêdo (PSB), José Maranhão (MDB), Lucélio Cartaxo (PV) e Tárcio Teixeira (PSOL).
    Outras legendas ainda não se definiram sobre ter ou não candidaturas para o Palácio da Redenção, mas cogitam a possibilidade. Entre elas, está o PDT da vice-governadora Lígia Feliciano, que teve o nome lançado pelo presidente nacional da legenda, Carlos Lupi, e já admitiu que vai entrar na briga.
    A força que esses pretensos candidatos terão na hora da briga dependerá também das alianças firmadas com outros partidos. A reportagem do Portal Correio fez um levantamento para tentar identificar quais legendas já se definiram quanto ao apoio para governador.
    João Azevêdo: PSB, PODE, PTB, DEM, AVANTE, PT, PCdoB, PPS, PRTB, PMN
    José Maranhão: MDB
    Lucélio Cartaxo: PV, PSD, PSDB, SD, PSDC
    Tárcio Teixeira: PSOL
    Indefinidos: PSTU, PROS, PSL, PR, PRB, PTC, Patriota, Progressistas, PHS, PDT, PPL, Rede, PRP, NOVO, PSC.
    O PT só deve formalizar apoio após o encontro do partido no dia 26 de maio. O presidente estadual do partido, Jackson Macedo, disse que a definição sobre o apoio da legenda só deve sair nesta data, durante encontro com 220 delegados do partido em João Pessoa.
    De acordo com Jackson, há atualmente uma sinalização forte de apoio ao projeto do PSB, mas isso só será definido pelos delegados. Ele disse que após a definição, o apoio só muda caso haja alguma alteração na conjuntura política. “Como o PT não tem dono, diferente de outros partidos, a decisão será tomada em conjunto, ouvindo os delegados, e isso faz com que a decisão só seja tomada após esse encontro”, explicou.
    O Solidariedade ainda não anunciou o apoio, mas garantiu permanecer no campo da oposição. O presidente estadual, Bruno Cunha Lima, disse que o partido não tem pressa para definir o apoio nas eleições deste ano, mas garantiu continuar no campo das oposições. Segundo ele, o partido está conversando com outras duas legendas para discutir as soluções para os atuais problemas do estado. “Estamos dialogando com duas legendas para sairmos dessa discussão personalista, e resgatarmos a legitimidade dos partidos. Não temos pressa nessa definição, mas uma coisa é certa: vamos permanece na oposição”, garantiu.
    Já o deputado federal Wilson Filho (PTB) garantiu que o partido estará na chapa majoritária de João Azevedo. O parlamentar destacou que a participação na chapa da situação veio de natural por ser um partido de confiança da base governista. “A participação veio de maneira natural por ser o maior partido da base, pelo número de prefeitos e vice-prefeitos, vereadores, tempo de televisão, numero de filiados e outros pontos, “ frisou Wilson salientando que o PTB é o maior parceiro administrativo do governador Ricardo Coutinho.

    Portal Arara

    quinta-feira, abril 12, 2018

    “O MDB está destinado a ter um passado pela frente”, diz Anísio Maia

    O deputado estadual Anísio Maia (PT) esteve afiado na tarde desta quarta-feira (11), em sessão da Assembleia Legislativa da Paraíba. O petista afirmou que os partidos que apoiaram o golpe parlamentar contra a presidenta Dilma começaram a receber a fatura política para arcar com as consequências, principalmente o MDB, partido de Michel Temer.
    “O partido que comandou o golpe foi justamente o mais prejudicado pela evasão de parlamentares com a janela partidária”, afirmou Anísio. A janela partidária foi o período encerrado no último sábado (7), no qual os parlamentares puderam trocar de partidos sem sofrerem sanções por infidelidade partidária. Por ironia, este artifício foi criado por Eduardo Cunha, do MDB-RJ, enquanto presidente da Câmara dos Deputados.
    Anísio Maia destacou que esta é a primeira vez na história da República que um partido é alçado ao poder e diminuiu seu tamanho. E ainda acrescentou: “O MDB está destinado a ter um passado pelo frente. Hoje paga a conta política pelo golpe contra a democracia e contra o povo brasileiro. Afinal, quem quer ficar perto de Michel Temer e seu partido nestas eleições?”
    Na Paraíba, de acordo com Anísio Maia, os prejuízos do MDB são ainda mais visíveis: “Em nosso estado o desastre é ainda maior. O partido que antes hegemonizava a política local se tornou de terceira grandeza. Antes, governaram o estado, tinham senadores, a maioria das bancadas de deputados federais e estaduais e hoje ficou reduzido em apenas um cacique sem índios”, disparou.
    Para Anísio Maia o estilo de fazer política representado pelo MDB, sem ideologia, sempre ao lado de quem estiver no governo, sem propostas e cobrando caro pelo apoio parlamentar, tende a sofrer reveses em um cenário de intensa polarização.
    “Quando as urnas forem abertas o MDB ficará do tamanho de Michel Temer. Perderá governos de estados importantes, como Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, e nem mesmo a sua longa tradição de fisiologismo o preservará do destino merecido a todos os partidos golpistas. Inclusive, voltaram a usar a sigla MDB, o que vem a calhar, porque é assim que eram chamados na ditadura. Como diria um velho alemão, a história se repete, primeiro como tragédia e depois como farsa”, concluiu.

    Tucana confirma reunião entre líderes da oposição e admite Lucélio na cabeça de chapa

    A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) confirmou nesta quarta-feira (11) uma reunião entre os principais líderes da oposição para definir a chapa majoritária que será apresentada à população paraibana nos próximos dias. A tucana não fez objeção ao nome de Lucélio Cartaxo (PV), caso ele seja o escolhido para disputar o mandato de governador.
    “Se Lucélio mostrar que agrega mais do que qualquer outro nome, ele tem que ser acolhido e ser ungido candidato. Não adianta o PSDB impor e sair só e enfraquecido”, avaliou.
    De acordo com a parlamentar, além do PSDB, PSD e PV, a chapa majoritária deve agregar partidos como o PSC e PP.
    Ela ainda destacou a unidade das oposições e a importância da união das forças de João Pessoa e Campina Grande.
    “Acredito que a oposição vai sair unida, o que é importante para sairmos vitoriosos nas eleições de outubro”, finalizou.

    Fonte:Paraiba.com.br

    Empreender PB abre inscrições para Pirpirituba, São Vicente do Seridó e Nova Palmeira nesta quinta-feira.


    O programa Empreender Paraíba abre, nesta quinta-feira (12), inscrições para concessão de crédito para empreendedores de Pirpirituba, São Vicente do Seridó e Nova Palmeira que desejarem iniciar o seu próprio negócio ou a ampliação de um já existente.

    Os interessados podem acessar o endereço eletrônico www.empreender.pb.gov.br  e realizar o cadastramento a partir da 0h (meia noite) do dia 12. As inscrições são gratuitas e limitadas. A documentação necessária varia de acordo com a exigência de cada linha de crédito, cujas informações podem ser encontradas por meio do edital disponível no portal do Empreender PB.

    O processo para concessão de crédito do Programa funciona em seis etapas: inscrição, curso de capacitação, elaboração de plano de negócios, análise, aprovação e assinatura de contrato. O contato com o beneficiado é mantido por todo o período de inscrição até a assinatura de contrato.


    Click Picui Com Secom

    Senado aprova proposta que permite saque do FGTS a quem pede demissão

    O trabalhador que pedir demissão está mais perto de poder sacar integralmente o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Um projeto de lei do Senado com esse objetivo, o PLS 392/2016, foi aprovado nesta quarta-feira (11) pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) da Casa.
    Como o projeto foi apreciado em caráter terminativo, caso não haja apresentação de recurso para análise do tema no plenário da Casa, o texto seguirá diretamente para apreciação na Câmara dos Deputados.
    Atualmente, a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) já prevê o resgate de 80% do FGTS em casos de demissão por acordo entre patrão e empregado.
    Para o relator da máteria na CAS, senador Paulo Paim (PT-RS), este é maispasso a mais rumo à “correção de uma distorção histórica” na legislação que trata do FGTS, que buscava restringir o acesso a esses recursos que são do trabalhador.
    Agência Brasil

    Reajuste do Bolsa Família pode ser anunciado até maio, diz ministro

    O benefício do programa Bolsa Família poderá ser reajustado até o mês de maio. Foi o que garantiu o novo ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, nessa terça-feira (10).
    De acordo com Beltrame, o reajuste ainda não foi definido, mas existe uma discussão dentro do governo sobre os percentuais e de como o reajuste será dado. “Acredito que ainda em abril ou maio teremos essa definição e o anúncio do reajuste do Bolsa”, comentou.
    Alberto Beltrame ficou no lugar de Osmar Terra. O antigo ministro chegou a dizer que o reajuste seria anunciado em março, o que acabou não ocorrendo. Beltrame acrescentou que o governo pensa em um reajuste maior que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).
    O último reajuste foi em junho de 2016, o presidente Temer reajustou o programa em 12,5%. “Estamos trabalhando com percentuais acima do IPCA, que é 2,95%, não temos ainda uma definição. Construímos vários cenários para apresentar ao presidente Temer e à equipe econômica e em breve acredito que tenhamos uma definição”, arrematou.
    Agência Brasil

    Enem: mais de 2,5 milhões de candidatos já pediram isenção da taxa de inscrição


    O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep) registrou, até a manhã de hoje (11), 2,575 milhões de pedidos de isenção da taxa de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O benefício pode ser solicitado até o próximo domingo (15), na página do Enem 2018.
    Neste ano, pela primeira vez o pedido de isenção da taxa de inscrição será feito antes do período de inscrição. O  resultado da solicitação será divulgado no dia 23 de abril, e os candidatos que tiverem o pedido negado terão até o dia 29 de abril para apresentar recurso da decisão. A expectativa do Inep é de que cerca de 4 milhões de pessoas peçam o benefício neste ano.
    Os candidatos que tiveram a isenção concedida no ano passado e faltaram aos dois dias de prova terão que justificar a ausência para obter novamente a gratuidade. Todos os interessados em fazer o Enem 2018, isentos ou não, também deverão fazer a inscrição, entre os dias 7 e 18 de maio.
    Quem pode pedir isenção
    Serão isentos os estudantes que estejam cursando a última série do ensino médio neste ano em escola da rede pública, ou que tenha feito todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio.
    Também tem isenção o participante que declarar situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda e que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Neste ano, também são isentos os participantes do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) de 2017 que tenham atingido a nota mínima nas provas.
    Agência Brasil 

    IBGE constata queda de beneficiários do programa Bolsa Família


    O número de famílias que recebem rendimentos do  Bolsa Família na Paraíba caiu em 2017. É o que aponta a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), divulgados nesta quarta-feira (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
    Segundo os dados, em 2016 32% da população do estado recebia o benefício, caindo para 31% em 2016, o que representa uma queda 16 mil pagamentos do programa.
    Em todas as regiões do país, foi constatada a redução no número de benefícios pagos. O Nordeste foi a região que teve a queda mais acentuada. Ao todo, 131 mil domicílios nordestinos deixaram de contar com a verba extra.
    MaisPB

    Guarabira sediará o VI Congresso Jurídico Nacional com apoio da Caixa dos Advogados

    O VI Congresso Jurídico Nacional com o tema “Democracia e Corrupção: Os Limites do Poder” será realizado no período de 25 a 27 deste mês na cidade de Guarabira, no Brejo paraibano. A sexta edição reunirá as comunidades científica, acadêmica e profissional para discutir as relações e fenômenos do Direito brasileiro e as consequências desse processo, além de inspirar e promover o diálogo e a troca de experiências na área jurídica. A Caixa de Assistência dos Advogados da Paraíba é uma das parceiras do evento. O presidente da instituição, o advogado Carlos Fábio, estará presente no Congresso e falará aos participantes sobre o tema central do encontro.
    O evento será realizado no campus da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) de Guarabira, principal centro administrativo, político, cultural e educacional do Brejo paraibano. De acordo com os organizadores do evento, serão discutidos diversos assuntos e dentre eles: o direito penal e agentes corruptores, cultura da corrupção, ativismo e judicialização da política, delação premiada e Estado de Direito, improbidade administrativa e crimes eleitorais e políticas públicas para o fortalecimento da democracia.
    As palestras ficarão por conta de nomes como: o ex-ministro da Justiça, Eduardo Cardoso; do Controlador Geral da União, Rodrigo Paiva; do Ouvidor-geral e professor da UEPB, Antonio Germano Ramalho; do ex-vice-Reitor e professor Eduardo Ramalho Rabenhorst; do Procurador do MPC-PB, Bradson Luna Camelo; do advogado e Professor de Direito da UEPB, Harrison Alexandre Targino; da advogada e professora de Direito da UFPE, Liana Cirne Lins; do advogado e professor de Direito da UFPB, Rômulo Palitot Braga; do Subprocurador-geral da República,Eitel Santiago Pereira. As palestras acontecerão no Cinemaxxi Cidade Luz.
    O atual cenário social, marcado por conflitos e transformações contínuas na estrutura política e democrática do Estado brasileiro, oportuniza análises e debates. Logo, diante desse assunto tão atual e pertinente, se tornam necessários para a otimização e compreensão do período que estamos vivenciando na política e na democracia brasileira, traçando um paralelo entre a situação atual e as perspectivas futuras.
    PROGRAMAÇÃO – PALESTRAS
    Dia 25/04/2018
    Abertura do evento (NOITE) – SALA STADIUM CINEMAXXI
    Palestrante:
    Marcelo Neves (Pós-doutor, Professor Titular – UNB) – Corrupção sistêmica e exclusão estrutural.
    Dia 26/04/2018
    Painel I – (MANHÃ) – AUDITÓRIO UEPB/CAMPUS III
    Palestrantes:
    Dr. Antônio Germano Ramalho (Ouvidor Geral da UEPB) – A insuficiência da lei como mecanismo de combate à corrupção.
    Dr. Bradson Camelo (Subprocurador-geral do MPC-PB) – Análise Econômica da corrupção.
    Painel II – (TARDE) – AUDITÓRIO UEPB/CAMPUS III
    Palestrantes:
    Dr. Eduardo Rabenhorst (Professor de Direito) – Transparência e Democracia.
    Dra. Liana Cirne Lins (Advogada e Professora de Direito) – Democracia e Legalidade.
    Painel III – (NOITE) – AUDITÓRIO UEPB/CAMPUS III
    Palestrantes:
    Controladoria Geral da União – Auditor Rodrigo Paiva – A Lei anticorrupção (nº12.846/13) e a promoção da integridade empresarial.
    Dr. Harrison Alexandre Targino (Advogado Eleitoral e Professor UEPB) – A Democracia e o desvirtuamento pela corrupção.
    Dia 27/04/2018
    Painel IV – (MANHÃ) – AUDITÓRIO UEPB/CAMPUS III
    Dr. Rômulo Palitot Braga (Advogado e Professor de Direito) O fenômeno da lavagem de dinheiro como necessidade das atividades ilícitas.
    Dr. Eitel Santiago (Subprocurador-geral da República) – Teoria dos ciclos das formas de governo – Democracia, corrupção e demagogia.
    Dia 27/04/2018
    Encerramento do evento (NOITE) – SALA STADIUM CINEMAXXI
    Dr. José Eduardo Cardozo (Ex-Ministro da Justiça) – A crise do Estado Democrático de Direito.
    Fonte:Focando a Notícia com Assessoria 

    Eduarda Brasil é recepcionada com carreata no sertão

    A vencedora do The Voice Kids 2018, a paraibana Eduarda Brasil,foi recepcionada por uma carreata na cidade de Cajazeiras, no sertão paraibano,nesta segunda-feira (09). A população local comemorou ao lado da adolescente a vitória na competição, transmitida pela Rede Globo no último domingo (08).
    A jovem de 15 anos chegou ao município de jatinho e de lá foi levada para São José de Piranhas, onde mora atualmente para ainda fazer uma apresentação. Uma multidão foi receber a jovem estrela e não perdeu a oportunidade de tirar fotos e homenagear a cantora.
    Ao som de Forró do Xenhenhém, Eduarda Brasil consagrou sua vitória  no The Voice Kids e marcou a última participação dela na edição deste ano do programa. Ela representou a primeira vitória da dupla de técnicas Simone e Simaria na disputa.
    A Paraibana Mariah Yohana, de João Pessoa, também esteve entre as finalistas. Talita Cipriano e Netto Junqueira também participaram do último dia do programa.
    Relembre a trajetória de Eduarda Brasil no reality
    Forrozeira que não nega as origens, Eduarda Brasil nasceu em Cajazeiras, na Paraíba e começou a cantar aos 5 anos, influenciada pelo pai. Ela chegou ao reality para mostrar toda a riqueza da música nordestina e teve todas as cadeiras viradas nas audições às cegas, mas escolheu o time de Simone & Simaria.
    Na fase das Batalhas, Eduarda enfrentou Rayane Lima e Victória Andrade cantando a música “126 cabides”. As Coleguinhas escolheram Eduarda para seguir na disputa. A campeã disputou uma vaga com Augusto Michel, Felipe Gaspar e Jennifer Campos e fez bonito com “Baião”, sucesso de Gonzagão, levantando a platéia e vencendo pelo voto popular.
    Na segunda etapa ao Vivo, Eduarda brilhou com “Isso Aqui Tá Bom Demais”, canção famosa na voz de Dominguinhos e seguiu na competição.
    Ela trouxe o clássico “Feira de Mangaio”, imortalizado na voz de Clara Nunes, para brigar por uma vaga na final do programa. A paraibana voltou ao palco, onde se apresentou com os colegas Livia Bernarde e Luis Henrique Schultz, ao som de “Ciúme”, da banda Ultaje a Rigor.
    Na grande final, Eduarda cantou “Frevo Mulher”, de Zé Ramalho e encerrou com Lamento Sertanejo, emocionando as técnicas.
    MaisPB